quarta-feira, 26 de maio de 2010

Como sobreviver fora do Brasil - eu sobrevivo


Desde que eu me mudei ouço as mesmas coisas... nossa como vc consegue fazer tudo? vc não tem empregada? quem te ajuda quando vc quer sair com seu marido? vc também faz faxina? ahhhh e passa roupa? como consegue passar uma camisa?

Enfim, são milhares de comentários por onde eu vou, 8 anos e sempre a mesma coisa.

O primeiro que me marcou foi quando eu ainda morava em Barça e fomos jantar com uns amigos chiques, naquela época nosso ap era minusculo só eu e o San... achava tudo uma delícia e era tudo novo, divertido, e uma dessas meninas falou... nossa quem diria vc lavando o chão, hein... me senti um pouco humilhada e triste... mas ei, qual o problema de lavar o chão... vc ai, sabe lavar um chão, o que vc vai fazer se a faxineira, empregada, babá, folguista ou quem for te derem um cano, vai viver na porquice...eu sempre coloquei musica alta, roupa de maria, cabelos presos e me colocava pra dançar com a fregona!

Essa foi minha primeira grande compra em Barcelona, a fregona (aquela vassoura, que parece um polvo que eles usam no MC Donalds, sabe?) achava aquilo o máximo!!! hahaha, só de pensar na felicidade quando comprei e usei pela primeira vez...A fregona foi minha amiga por muitos anos (depois peguei um pouco de nojo, mas até então, me sentia no Mc cada vez que usava).

Meu ap ficava muito sujo e eu tinha milhares de inimigos espalhados pela casa. Acho que já falei que no começo da minha vida longe fiquei muito sozinha né? pois é! então, dava nome para as coisas... Inimigos (existem até hoje) são aqueles maços de poeira que se juntam com cabelos... NOJO, não sei como, mas Barcelona está infestada de inimigos, na Zara, na aula de espanhol, nas ruas... ICHCA... e eu e minha fregona íamos matando os inimigos 2X por semana, divertido né? melhor que qualquer video game - hahahaha


Foram momentos inesquecíveis comigo mesmo! pensava na vida, em viagens...enfim, claro que é chato quando vira obrigação e se tem que fazer isso grávida, com filhos, mas sozinha sem ter nada pra fazer...é divertido, faz pensar, viajar e criar...

Hoje, com 2 filhos, posso contar com a Sylvia (1X semana), impagável, minha salvadora, agradeço todos os dias por ela não me dar o cano... mas quando ela dá (a família dela está na Florida então ela vira e mexe vai para lá, como na última segunda-feira) não tem o que fazer a BiaMaria passa lá em casa com a musica alta, cabelos para cima e uma fregona versão 2 e da um jeitinho na baderna...

4 comentários:

Julianny disse...

inimigos....inesquecíveis....

Rosana disse...

Sei lá como vim parar aqui, só sei que esse texto me trouxe lembranças maravilhosas de uma época em que me aventurei pelo mundo... Adorei o blog, continue assim!

Re Bendit disse...

Nossa, lembro de você contando dpela 1a vez dos inimigos!! hahaha Adorei seu blog! Parabéns!!!

Andreia disse...

Hey Bia...virei sua seguidora hehehehe e o seu blog tem um senso de humor maravilhoso!!! beijos